Top Menu

Com a chegada do verão não é apenas o nosso corpo que sofre com os efeitos das altas temperaturas, conservar os alimentos durante o período mais quente do ano, também requer cuidados especiais. Com o calor, frutas, verduras e legumes duram menos e é exatamente a condição de armazenamento que determinará a qualidade do que vai à mesa.

Com o calor, as pessoas saem mais de casa e buscam uma alimentação menos pesada. Muitos optam por frutas, verduras e legumes.Com o termômetro passando dos 30 graus, o cuidado com a conservação dos alimentos deve ser redobrado.

O calor faz com que os alimentos durem menos. “Alimentos perecíveis e manipulados não devem permanecer em temperatura ambiente por mais de duas horas”, informa a nutricionista, Márcia Mendes. Ela aponta os maiores vilões nesta época: carnes, leite e ovos. Segundo a especialista, estes três alimentos precisam de atenção especial, pois estragam facilmente no calor.

Entre as consequências da má conservação dos alimentos está o aparecimento da bactéria Salmonella. “Ela pode ser transmitida pela ingestão de alimentos crus ou mal cozidos contaminados por fezes, que em temperaturas quentes se proliferam rapidamente”, aponta a nutricionista. Se consumidos, os alimentos contaminados poderão causar infecção ou intoxicação alimentar. Os sintomas poderão aparecer de duas a quatro horas após a ingestão, apresentando náuseas, vômitos, febre, cólicas intestinais e diarréia.

“As frutas são uma ótima pedida, já que hidratam, são ricas em vitaminas e fibras e pobres em calorias. As verduras completam muito bem a alimentação de forma leve e saudável: é só lavar bem e aproveitar”, recomenda Márcia.

Cuidados necessário com os alimentos

1. Lavar bem as mãos antes de se alimentar ou preparar os alimentos;
2. Evitar consumir alimentos à base de carne crua ou mal passada, nem mesmo os industrializados;
3. Redobrar a atenção com o preparo e cozimento da carne de frango e galinha;
4. Ter cuidado com os ovos, que devem ser bem cozidos. Lembre-se de que pratos, como a maionese feita em casa, por exemplo, incluem a adição de ovos crus como ingrediente;
5. Beber só leite pasteurizado ou fervido;
6. Lavar bem verduras, legumes e frutas. Deixe-os mergulhados em água com hipoclorito de sódio ou uma colher de chá de água sanitária (p/ cada litro de água)
7. Lave bem os utensílios de cozinha, especialmente quando usados na preparação de carnes cruas;
8. Mantenha os ovos sob refrigeração.

Sobre o Autor(a)

mm

Lione Acácia, geminiana, apenas para constar, porque não me ligo nisso. Adoro moda, batata frita e gente de todo o tipo. Nasci perguntadeira e me especializei nisso, fazendo jornalismo. Adoro uma conversa solta, me inspiro em minhas análises do cotidiano, e faço o meu mundo baseado nos mundos de todo mundo. Não sou fútil, mas desconfio não ser útil!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fechar